terça-feira, 24 de agosto de 2004

Alguém pode amar o que não conhece?

Para a navegação:
Mais um blog dum alentejano, ainda por cima de Beja.
E se digo ainda por cima, é pelo orgulho de ter nascido e viver nesta cidade que alguns já apelidaram de feia (por que parâmetros definem beleza?), antipática (como se algum deles alguma vez sonhasse o que é a simpatia ou primasse por ela), e velha (estupidez levada ao cúmulo, ainda se lhe chamassem antiga... nunca lhes passou pela cabeça que antes disto ser Portugal já era Além-Tejo).
Mas vem isto a propósito duma escumalhazita (já alguém reparou na quantidade de diminutivos que nós, os Alentejanos, usamos?) que anda por aí a felicitar-se por ser quinta-fáira, que amanhã sexta-fáira vai ao mercado comer uma sandes de caijo e beber um copo de láite, se possível de uváilha.
Tenho vindo a reparar que cada vez mais e mais se tenta disfarçar o onde e de quem se nasceu. Desculpem lá, mas tem piada, ora que porra! Tem piada exactamente por mostrar que quem assim procede tem vergonha de ser bejense, como se alguém (ou algãin?) fosse responsável pelo sítio onde a cegonha poisou e foi parido! Ou parida! Mais parida do que parido, pois está ainda por fazer um estudo genético/sociológico que mostre qual a razão por que os menbros do belo sexo agem mais em conformidade com isto do que os do meu. Cá por mim, tenho orgulho de ser Alentejano e, dentro disso, de ser bejense. E mais: adoro anedotas de alentejanos, mas apenas se forem contadas por alentejanos, ou então por alguém que saiba o que isso é. É que um dos sonhos da minha vida era ver o António Sala ao lado do Herman José, ambos amarrados ao pelourinho da Praça da República, a contarem anedotas de alentejanos, às três da tarde, em pleno mês de Agosto... aí sim, iria rebolar no chão, mãos na barriga, a rir ...

12 comentários:

Mosqueteiro disse...

Bem vindo à blogoesfera! Votos do boas postas para mais um blog alentejano...

d.x. disse...

fo shizzle.

Pulo do Lobo disse...

Bem-vindo. Primeiro adorei o nome do blog que me fez lembrar de imediato uma moda que adoro "à sombra duma azinheira que já não sabia a idade..." e depois acho a primeira posta demais e qualquer semelhança com a realidade é pura ficção...Ah ah ah...BEM VINDO. Continua!!! Com muita força!!!

Caiadora-Mor disse...

Ahahahahaha!! Desculpa Celtiberix, mas não dá para parar de rir qando me ponho a visualizar a cena. Seria de antologia.
Antes de mais nada, bem-vindo à blogoesfera e espero que nos delicies com mais posts "orgulhosamente" alentejanos como esses.
Ahahahahahahahahahaha! Essa é que era uma boa inauguração do Polis! O Herman até é tão amigo da "Marize"...

maltes disse...

Boa malha, concordo contigo, há esses gaijus e essas gaijas, que nunca cá prantaram os péis, e largam verdadeiras postas de pescada, ou melhor bostas de voi, esses dois nomes são daqueles que mereciam ir ao castigo sim senhor.Bem vindo, e que continuis com esse humori, um abraço

Anonymous disse...

É sempre um prazer dar as boas vindas a um blog que respira os ares do sul, e ainda por cima da cidade que me viu nascer.
Venham de lá então esses pedaços de cortiça, da nossa, alentejana.
nickonman
http://pracadarepublica.weblog.com.pt

improvisos disse...

O "Improvisos Ao Sul" felicita este blogue pela sua entrada na cada vez mais concorrida blogosfera bejense! Votos de boas ideias e de boas postas!

Caiadora de Azul disse...

ADOREI!! A ideias do sala e do hermam, é verdadeiramente deliciosa, não dá pra parar de rir!
Bem vindo!!

sónia disse...

Bem vindo à blogosfera Bejense! Boas postas é o que lhe desejo!

Anonymous disse...

Atão, companheiro, já se te acabou a inspiração? Conhecendo como te conheço, deve ser a falta de tempo o principal obstáculo eh eh ....Um abraço

Jorge M.

mena disse...

seja bem aparecido.
aguardam-se as cenas dos próximos capítulos :)
a outra margem

pedra disse...

Para começar: espectacular! Vou colocar esta Azinheira (e a respectiva sombra, que dá muito jeito) nos meus favoritos. Parabéns e boas postas (não gosto lá muito desta modernice mas uma pessoa tem que se adaptar)