sábado, 31 de agosto de 2013

Diferença essencial

     Quando a Simone de Oliveira, há uns anos, disse que a velhice era aquele momento em que passava junto às obras e já não ouvia piropos vindos de lá de cima, achei que aquela grande mulher tinha resumido, apenas numa frase e com um sentido de humor afinadíssimo, a meia idade feminina. Naquele momento, tal como agora, não achei que a Simone tivesse dito fosse o que fosse a favor ou contra os piropos, simplesmente se serviu dele para refinar a expressão dum pensamento. Também não acho que atitudes como esta do Bloco de Esquerda, queira proibir ou apenas "lançar o debate", sejam algo a que não se deva dar atenção, exactamente pelo receio da histeria que se cria sempre à volta de qualquer assunto estúpido, que leva as caçadas às bruxas, sejam mesmo "bruxas" ou simples retratos de "santos" .
Se penso que não deve haver assuntos tabú, também penso que a merda do cão no passeio deve ser limpa sem ser remexida, quem lá vai "chafurdar" com um pau só aumenta o mau cheiro e atrai o mosquedo. E é exactamente isso que alguém (com inveja por não ouvir piropos?) gosta de fazer e está a querer neste momento. O piropo digno desse nome tem de ter algo de graça e originalidade condimentado com simpatia; nada que roce a ordinarice.
Desde quando um piropo digno desse nome pode ser confundido com assédio sexual? Talvez na cabeça das semivirgens de café (vícios privados, virtudes públicas). Atenção que não defendo o piropo a todo o custo e em qualquer situação; assim como olhar para "aquelas ancas" deve levar em conta de quem são, em que situação se está, com quem se está.... calminha aí com as confusões.
Mas quem confundir
"Bem dizia eu ao médico que andava a ter visões" com "És cá uma máquina, não queres a minha alavanca de mudanças?"
ou então
"Santa Teresinha dos Aflitos, não há vagas no céu e mandaram os anjos prá Terra", com "Ó boazona, eu xôu uma vichicleta chem xelim, num queres dar uma boltinha?"
de certeza que não sabe a diferença entre uma escova de dentes e a loiça das caldas.

2 comentários:

Presbítero Maurício disse...

Caríssimo! Tenha um bom dia! Faz tempo que não posta uma mensagem. Saudações fraternas.

Celtiberix disse...

Amigo, obrigado pela visita. Há séculos que ando arredado daqui,mas já começava a ter comichão nos dedos de cada vez que olhava para o teclado.