sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

Este não tem título

Bjinho bjinho (pra elas).
Aperto de mão e palmadinha nas costas (pra eles).
Sorriso de orelha a orelha na cara de todo o pessoal enquanto se esfregam as mãos pra espantar o frio da manhã de sábado na Meia-laranja, ali prás bandas do Luis da Rocha.
Até que enfim ninguém fala de futebol, da gaja que se zangou com o gajo e pôs a boca no trombone (foi a consciência ou a dôr de cotovelo?).
-Tchiiii! pá!! Há quanto tempo!!! Onde é que tens andado?
- Cala-te que estou farto de te mandar mensagens e kolmis pró telemóvel e tu... nada!
- Sabes, eu tenho lá tempo...
- Nem eu... mas nem me respondeste aos "mails" que te mandei com música e frases do Gandi.

Pois, pois... conversa da treta...
Da treta de vida que muitos consideram viver (não será "sobreviver"?)
Como se, para manter uma amizade, fosse preferível mandar "mailzinhos" com frases babosas "do gandi" que nem o Gandi sonhou, ou estrelinhas a piscar por cima duma foto dum bebé que nem sabe que anda aí pelas nets, com meia-dúzia de baboseiras em letras amarelas do género "ser amigo é ter tempo pra reflectir na amizade" e quejandices. Faz lembrar aquela do livro "O que você precisa saber pra ser feliz com o seu homem", escrito por uma freira de noventa anos, enclausurada desde os dezassete, que passou pela vida (passou, não viveu) sem saber por que é que uns são homens e outras mulheres...
Mas enfim, passemos à frente.
Como não tenho tempo nem paciência pra cretinices e até me considero um gajo sincero, aí vai:
que cada um tenha no próximo ano o dobro daquilo que me desejar.
Agora, desenrasquem-se, eh eh.

6 comentários:

RCataluna disse...

Belo texto! Por acaso não apanharam o tocador de flauta de pan ao pé do Luis da Rocha?
Um bom ano pra ti também!

Abraço!

Zig disse...

Por falar em amizades. Ainda me resta um amigo na Alemanha! Falo com ele apenas por duas vezes em cada ano. No dia do meu e do aniversário dele, no entanto, consideramo-nos amigos....

Bom ano!

Anonymous disse...

As amizades devem, isso sim, ser fortalecidas, seja de que maneira fôr. As sinceras são como o algodão. Aliás, não concebo a ideia de haver amizades que não sejam sinceras.

Bom Ano para todos e para o amigo do meu amigo Zig.
ZC

Kicker disse...

Este homem não é o Gandi!

Anonymous disse...

Visita este.É de um amigo teu.

Anonymous disse...

Visita este, é de um amigo teu.
http://sol.sapo.pt/blogs/Central/default.aspx