domingo, 15 de julho de 2007

No melhor pano cai a nódoa


Venho dali dos lados do bom gigante e tenho de confessar que há coisas que me dão arrepios. Nada tenho contra "nuestros hermanos" (até tenho ascendentes espanhóis na família) tal como aplaudo o sr. Nobel pela ideia de deixar uns fundinhos para premiar a ciência, a cultura, a paz (ele, o inventor da dinamite). No entanto há quem lhe suba à cabeça certas coisas e depois toca de andar por aí a mandar bojardas. O Rcataluna chama-nos a atenção para um senhor que das duas uma: ou tem o sermão muito bem encomendado ou então deve estar a passar-se dos carretos, coisa que me parece já não ser nova. Repito que nada tenho contra os espanhóis que tiveram uma guerra civil terrível, sairam dela para uma ditadura onde vigorava a pena de morte, e têm hoje em dia uma economia que respira saúde por cada poro, e dão-se ao luxo de ter um governo que não mete o rabinho entre as pernas quando as máfias do futebol querem dar cartas.
Se o processo histórico tem de seguir o seu caminho, independentemente dos retrocessos e alterações de percurso inevitáveis, é claro que as nacionalidades (pelo menos como hoje as entendemos) algum dia serão coisa do passado. Se caminhamos (e ainda bem que sim) para uma Europa sem fronteiras, será que isso implica a perda das independências nacionais e das particularidades políticas de cada nação? Se o desvario (autismo) que nos governa está bem patente será isso caso para nos metermos debaixo das saias de Espanha?
Pela parte que me toca, e apesar de muita coisa, ainda tenho orgulho de ser português. Se o sr. Saramago por aqui passar (Vaya! soy tan importante?) fique a saber que tenho vontade de ler algo seu (admira-se por ainda não ter lido?), mas ao mesmo tempo já me vai faltando estômago para certas declarações suas...
Dassss!

2 comentários:

RCataluna disse...

Não sei porquê, mas lembrei-me daquelas questões do consultório sexual da revista Maria:

"Eu também nunca li nada do Sr. Saramago mas gostava de ler. Serei normal?"

Sim, também nunca li nada dele e vou ler. Agora, em relação a algumas das suas posições... faço minhas as tuas palavras: "DASS"!!!!!

Zig disse...

Deixem estar! Aqui se aplica a velha máxima: os cães ladram mas a caravana passa!