segunda-feira, 10 de setembro de 2007

A Oeste nada de novo.


Não tenho andado com vontadinha nenhuma de escrever seja o que seja.

Tal é a neura que o contador já foi pelos dez mil, o blog fez três anos no passado dia 24 e nem isso me tirou da preguiça.

Nadinha se alterou: a água do lago do jardim continua a cheirar mal; o relógio da piscina, em fim de 2ª época da nova era, continua à espera de pilhas; e a "galgabilidade" do separador da antónio sardinha continua como o ponto G: serve para grandes conferências, uns dizem que sabem tudo, outros que não existe, mas ninguém consegue explicar o que quer que seja.

A Oeste nada de novo. Nem a Norte, nem a Sul, nem a Leste.

Nem aqui tampouco.

2 comentários:

RCataluna disse...

"...separador da antónio sardinha continua como o ponto G..." - eheheheheheheeheheheheheheh!

Zig disse...

Anima-te!

Aquela do ponto G é excelente! Mas já começaram as obras, timidamente, mas começaram!